top of page
Buscar

FINIMP: entenda este financiamento de importação


finimp: financiamento de importação

O Finimp é uma linha de crédito de financiamento para importação que permite às empresas importadoras obterem capital para suas operações de compra no exterior. Neste artigo, vamos explicar as modalidades, quem pode ter acesso, requisitos e benefícios do FINIMP.


Definição do Finimp:


O Finimp (Financiamento à Importação) é uma solução financeira que possibilita o pagamento à vista ao exportador estrangeiro e, posteriormente, o importador brasileiro reembolsa a instituição financeira conforme as condições negociadas.


Diferentemente dos financiamentos à exportação, como o Proex, o Finimp é menos conhecido, mas oferece vantagens significativas para empresas que precisam importar mercadorias ou serviços.


Quem tem acesso ao FINIMP?


Toda empresa pode solicitar um financiamento de importação, porém, precisa obter o RADAR [saiba como habilitar seu radar entrando em contato conosco, sem custo] e os documentos de importação (de início proforma invoice e depois é necessário o restante da  documentação do processo), além de ter relacionamento com a instituição financeira na qual pretende contratar o financiamento.


Modalidades do Finimp:


• Finimp Direto: Nessa modalidade, o financiamento é obtido diretamente junto a uma instituição de crédito no exterior para o importador brasileiro.


• Finimp Repasse: Aqui, o financiamento é obtido por uma instituição de crédito brasileira junto a uma instituição de crédito estrangeira. O banco ou instituição brasileira repassa o capital para o importador local.


Requisitos para Utilizar o Finimp:

• A empresa deve possuir conta na instituição financeira com a qual pretende contratar o Finimp;


• A instituição de crédito aprova a operação com base na movimentação e histórico da empresa importadora;


• É necessário ter a operação de importação em andamento, bem como os documentos correspondentes.



Vantagens do Financiamento à Importação:


• Financiamento pode cobrir até 100% do valor da importação, incluindo despesas locais como desembaraço da mercadoria;


• Prazo de até 360 dias para começar a pagar;


• Não há restrições quanto a prazo mínimo ou máximo, e o prazo máximo pode chegar a dez anos;


• As taxas de juros são praticadas no mercado internacional e, nos últimos anos, a média ficou em menos de 4% ao ano.


Tributação do Finimp:


• Finimp Direto: Incide Imposto de Renda (IR) sobre o pagamento de juros ao exterior, mas não incide Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).


• Finimp Repasse: Incide IOF devido à operação de crédito, mas não incide IR.


Operações com Prazo Acima de 360 Dias:


Conforme a legislação cambial brasileira, operações acima de 360 dias devem ser inseridas no Registro de Operações Financeiras (ROF) do Banco Central do Brasil. Esse registro pode ser feito pela corretora de câmbio, instituição de crédito ou despachante aduaneiro.



 

Lucilene Queiroz

Sobre a redatora: Lucilene Queiroz é formada em Comércio Exterior pela Univille desde 2019, atual Analista de Comércio Exterior Pleno da FORVM, possuí vasto conhecimento e experiência em COMEX, capacitada a realizar todas as etapas de processos de importação e exportação. Quando não está a trabalho, Lucilene gosta de cuidar da saúde do corpo e da mente, por meio de esportes como o beach tennis, vôlei de areia, músicas e podcasts.

137 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page